Linhas Orientadoras do Plano Nacional para a Literacia Mediática publicadas em Diário da República

Facebook
Twitter
LinkedIn

Medida visa combater a desinformação e a divulgação de conteúdos falsos junto da população

Foi publicado, em Diário da República, no dia 17 de novembro, o diploma que aprova as Linhas Orientadoras do Plano Nacional para a Literacia Mediática (PNLM). 

O documento refere, na sua introdução, que a medida visa «contrariar o défice no acesso, consulta e leitura de conteúdos informativos de imprensa e promover o combate à desinformação e à divulgação de conteúdos falsos junto da população, com especial enfoque no contexto escolar, mas chegando também aos segmentos que apresentam menores níveis de literacia mediática». 

O PNLM, projetado para cinco anos, será elaborado e implementado pela comissão interministerial criada pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 48 -D/2017, de 31 de março, que aprova as linhas orientadoras para o Plano Nacional de Leitura 2027. Caberá aos membros do Governo responsáveis pela área da Educação e da Cultura a sua aprovação.

Esta comissão interministerial será ainda apoiada por um conselho consultivo constituído por «cinco personalidades de reconhecido mérito e com experiência no setor dos media ou em áreas relacionadas com a literacia mediática», representantes dos membros do Governo das áreas da Educação e da Cultura e de diversas entidades públicas com competências na literacia mediática. 

Congresso-GILM_051_FB
No dia 21 de abril de 2023, na abertira do VI Congresso Literacia Media e Cidadania, o Ministro da Cultura , Pedro Adáo e Silva, anunciou que o PNLM arrancaria no segundo semestre de 2023. Crédito da Foto: ESCS.


PDF da Resolução do Conselho de Ministros nº142/2023

Email
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Print

Também poderá interessar-se:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Receba novidades por email

Subscreva aqui à nossa Newsletter